Com o objetivo de apoiar as empresas cuja atividade está a ser afetada pelos efeitos económicos da pandemia de COVID-19, o Turismo de Portugal informa que se encontram disponíveis os seguintes mecanismos de apoio:

MEDIDAS DO TURISMO DE PORTUGAL​

// Linha de Apoio à Tesouraria para Microempresas do Turismo – COVID-19

A Linha de apoio à tesouraria para microempresas do turismo – COVID-19, com uma dotação de 60 milhões de euros, é uma nova linha de financiamento dirigida às microempresas turísticas que demonstrem reduzida capacidade de reação à forte retração da procura que se tem registado.​

Conta Acordo

Encontre na Conta Acordo do Banco Montepio a solução que facilita a gestão de tesouraria da sua Instituição Social.

Uma conta para assegurar as necessidades pontuais de tesouraria das IPSS.

O que é a Conta Acordo?

É uma facilidade de descoberto para as Entidades do setor social que tem por objetivo ajudar a assegurar as necessidades pontuais de tesouraria que possam surgir antes do recebimento dos fundos estatais.

Quem pode ser titular da Conta Acordo?

Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) ou a estas equiparadas com Acordos de Cooperação celebrados com:

• Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social (IGFSS)

• Instituto da Segurança Social (ISS)

• Administrações Regionais de Saúde (ARS)

O que torna a Conta Acordo tão diferente?

• Linha de crédito única no mercado para instituições sociais• Flexibilidade total, sem o prazo máximo definido de pagamento• Condições de preçário diferenciado para as IPSS

Quais são as vantagens da Conta Acordo?

Adesão simples e rápida
Plafond sempre disponível, utilizado apenas quando necessário1
Prazo indeterminado, com possibilidade de denúncia por ambas as partes
Utilização e reposição do crédito utilizado em qualquer momento, de forma automática2
Montante mínimo de 200€ e Montante máximo até 100% do subsídio recebido mensalmente

// Medidas anunciadas a 18 março 2020

O Governo aprovou um conjunto de linhas de crédito para as empresas, garantidas pelo Estado e disponibilizadas através do sistema bancário que se dirigem aos setores mais atingidos:

_ Restauração e similares | 600 milhões de euros, dos quais 270 milhões para micro e pequenas empresas_ Agências de viagens, empresas de animação, organização de eventos e similares | 200 milhões de euros, dos quais 75 milhões destinados a micro e pequenas empresas
_ Empreendimentos e alojamento turísticos | 900 milhões de euros, dos quais 300 milhões destinam-se a micro e pequenas empresas
Estas linhas de crédito englobam um prazo de reembolso de 4 anos, incluindo um período de carência até ao final do ano.​

Fonte: Banco Montepio